ClubDoMusico

Bateria Musical

O que é uma bateria musical? Onde e como surgiu a bateria musical? Como é formada uma bateria musical? Se você é fã de música e quer saber mais sobre instrumentos musical mais popular de todos os tempos? Está no lugar certo.

A bateria musical é um dos instrumentos mais populares de todos os tempos. Esse instrumento está presente em quase todos os estilos musicais. Esse é um dos instrumentos que mais fascina e cativa fãs a longo dos tempos. Além disso é um dos instrumentos mais antigos que existe.

Nesse texto você irá aprender mais sobre esse incrível instrumento que é a bateria musical.

  • Bateria Instrumento musical
  • História da bateria
  • Partes da bateria
  • Tipos de bateria

Bateria Instrumento Musical

A bateria é um instrumento musical de percussão. A bateria é formada por tambores e pratos de metais de vários timbres. Esse instrumento é tocado com dois bastões de madeira ou silicone chamados de baquetas. Existe também as baquetas de metais semelhantes a vassouras usadas comumente no blues.

A bateria é usada em músicas pops, rock, samba, jazz, reggae, gospel, MPB, country, bossa nova, sertanejo entre outros estilos. É um instrumento versátil. A função principal da bateria na música é ditar o ritmo.

História da bateria

A bateria musical é um conjunto de instrumentos de percussão. Então sua origem vem da origem dos instrumentos que a compõe; tambores e pratos. O tambor é o segundo instrumento musical mais antigo conhecido pelo homem, o primeiro é a voz. Ele remonta o período neolítico. Eram feitos de troncos de madeira ocos e pele ou couro de animais.História-da-bateria

Os pratos também são instrumentos muito antigos. Existem evidências de pratos (tomtom) desde o antigo Egito. A também indícios que na antiga assíria também eram usados pratinhos de metais que entoavam sons mais altos que os tambores.

Bateria musical moderna

A ideia de unir esses tambores para serem tocados por um único músico surgiu com a invenção do pedal. O pedal foi criado por volta de 1910 por William F. Ludwig. Com a criação do pedal a bateria musical começou a ser organizada até chegar os modelos que se tem hoje.

Outra invenção que facilitou em muito a vida dos roteiristas foi a estante. Antes das estantes os músicos apoiavam os tambores em cadeira, nos móveis e no que pudessem apoiar. Com as estantes as baterias musicais ganharam uma arrumação mais profissional.

Bateria no Brasil

A bateria musical no Brasil começou a ser inserida na música no início da década de 20 do século passado. Ela foi trazida pelo pianista e baterista Harry Kosarin. O grupo de musical de Pixinguinha (Oitos Batutas) em 1920 usavam um modelo de bateria.

Partes da Bateria

A bateria musical é um conjunto de instrumentos de percussão. Esses instrumentos formam um instrumento de percussão completo e versátil. Existem baterias musicais de diversos modelos e tamanhos. Geralmente o kit básico da bateria musical é composto por 20 itens. Esses itens são divididos nos seguintes instrumentos.

Caixa

Tambor de madeira ou metal com um formato achatado. Ele possui pele de acrílico em cima e em baixo. Na parte de baixo tem um tensor metálico que pode ser esticado ou folgado mudando assim o som extraído da caixa. O som da caixa pode ser tirado tanto do contato das baquetas na pele como aro.

Chimbal

Chimbal que algumas vezes é chamado de “simbal” (incorreto). É formado por dois pratos, um virado para cima e outro para baixo. Os pratos são presos a um suporte ligado a um pedal. O pedal é acionado para unir os pratos extraindo som dos pratos e mudando o som dos pratos quando tocados pela baqueta.

Bumbo

Tambor mais grave que geralmente fica em pé e é tocado por uma baqueta ligada a uma alavanca acionada pelo pé do baterista (Pedal). É o maior tambor da bateria musical.

Tom-tom

As baterias geralmente têm dois, que ficam presos a uma estante em cima do bumbo ou ligada a ele. Existem também bateria com um tom-tomo, ou três, isso depende muito do gosto e objetivo do baterista. Os tom-tons tem timbre médio.

Pratos

São discos metálicos de onde o baterista extrai sons mais agudos e altos. Existem dois tipos de pratos: os de condução e os de ataque. Pratos de condução tem um som mais seco e são usados para ditar o ritmo da música. Os de ataque tem sons mais explosivos e são usados nas viradas ou para produzir efeitos.

Baquetas

São dois bastões de madeira usados para extrair os sons dos tambores e pratos da bateria. Mesmo sendo de madeira suas pontas pode ser de matérias diferentes. Pode ter ponta de madeira, nylon, feltro, metal (vassourinha).

Surdo

Menos grave que o bumbo serve para marcar o ritmo da música. São muito populares nas escolas de carnaval. Os surdos podem ter um som mais aveludado ou um som mais vivo dependo do material e formato.

Tipos de bateria

Existem diversos estilos de baterias musicais. E por ser um instrumento muito versátil elas podem mudar de acordo com o gosto do baterista. Mais no geral é possível classificar as baterias em 3 tipos:

Baterias Acústicas

Geralmente usadas em shows, bares, igrejas, eventos ao vivo, ou em estúdios de gravação. São as mais utilizadas e vendidas. Possuem um som mais profissional e são as usadas pelos grandes bateristas do mundo.

Baterias eletrônicas

São baterias que produzem seus sons através de um módulo eletrônico. Existem diversos modelos. Existem modelos simples e portáteis e modelos que imitam as baterias acústicas. Ela reproduz eletronicamente todos os sons e timbres de uma bateria convencional. Ainda podem ter seu som mixado. Porém seu som não possui a qualidade de uma bateria acústica.

Baterias de estudo

Como o nome já diz, são baterias para desenvolver as habilidades dos bateristas.  Geralmente são feitas de madeira ou ferro e borracha. Servem para que os roteiristas terem seus movimentos e músculos. Não emitem som (o que um alívio para os vizinhos). Muitos bateristas constroem suas próprias baterias de estudos de madeira ou tubos de PVC.

A bateria musical é sem dúvida um instrumento fascinante. Através de uma boa técnica e coordenação motora é possível fazer coisas incríveis nesse instrumento musical. É um dos instrumentos mais antigos do mundo. E é um instrumento versátil e popular. Se tornar um baterista é um grande desafio, mas será gratificante dominar esse magnífico instrumento de percussão.